Produtores da “Vidigueira Winelands” recomendam vinhos de outono


A Vidigueira esteve desde sempre ligada à cultura da vinha e à produção de vinho, que ainda hoje continuam a ser uma das maiores riquezas económicas e culturais do concelho. A variedade de castas utilizadas pelos produtores, proporciona uma enorme diversidade de aromas e sabores.

Com a recente implementação da Rota dos Vinhos da “Vidigueira Winelands”, que alia o vinho, a gastronomia, a natureza e o património, a Vidigueira transformou-se num destino enoturístico de eleição, tendo todos os produtores programas próprios, destinados aos mais variados interesses dos turistas, possibilitando que desfrutem de experiências únicas.

Dotada de adegas que proporcionam inigualáveis experiências aos apreciadores de vinho, a Rota dos Vinhos da “Vidigueira Winelands”, dá a conhecer o que de melhor há na região. E como não podia deixar de ser, sabe sempre o que recomendar aos seus consumidores.

Com a chegada do outono, chegam os vinhos com um perfil mais estruturado, nem muito frescos, nem demasiado quentes. Tal como o clima ameno do outono, os vinhos para esta época do ano, devem manter as mesmas características. Desta forma, os produtores da “Vidigueira Winelands” recomendam os melhores néctares para desfrutar do outono em beleza. Os vinhos tintos são os mais indicados, no entanto, os vinhos brancos mais encorpados, não deixam de ser uma excelente opção.


Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito

Vidigueira Antão Vaz 2017

Monocasta Antão Vaz, de cor citrina, aroma a frutos tropicais e levemente mineral. Na boca é fresco, encorpado e harmonioso, com acidez bem integrada que lhe confere um final fresco e profundamente longo.

Vidigueira Syrah 2015

Monocasta, feito a partir da casta Syrah, de cor violácea de grande concentração. Aroma a frutos do bosque com notas de menta, na boca apresenta uma grande complexidade com nuances de chocolate preto e baunilha, final longo, fresco e muito persistente.


Casa Agrícola HMR – Herdade do Monte da Ribeira

Pousio Reserva Branco 2015

Com Antão Vaz, Arinto e Alvarinho, de cor amarelo dourado e aspeto brilhante, tem uma presença aromática muito boa, assente na fruta citrina (tangerina), notas florais doces expressivas e ainda alguma fruta cristalizada. Um vinho elegante e sofisticado, volumoso e com boa frescura de boca, longo e bastante sedutor.

Pousio Escolha Tinto 2014

Feito de Alicante, Cabernet e Touriga Nacional, é um vinho bastante atrativo, de cor rubi fechado com aromas e sabores intensos onde sobressai fruta com notas de amoras maduras bem como alguma especiaria. Tudo com um fundo das notas de estágio em madeira onde pontifica o chocolate preto e ligeiro fumo. Na boca revela-se polido, com taninos bem integrados, vigoroso. Vinho encorpado, sumarento que se bebe com muito prazer.


Herdade Grande

Herdade Grande Branco Reserva 2015
Feito a partir das castas Chardonnay, Viognier, Alvarinho e Viosinho, é um vinho clássico que mostra a consistência e o carácter rico da marca Herdade Grande. Aspeto cristalino, cor amarelo cítrico com reflexos esverdeados. Aroma rico e intenso com notas minerais e frutadas de toranja e goiaba, envoltas na subtileza do tostado das barricas. Na boca mostra-se elegante, untuoso, com paladar complexo e equilibrado e acidez bem balanceada. Fruta e mineralidade dominantes, bem casadas com leves notas de tosta, terminando num final longo e persistente.

Herdade Grande Tinto Gerações 2013

Feito a partir das castas Alicante Bouschet, Touriga Nacional e Syrah, este blend foi produzido a partir de uvas vindimadas manualmente e selecionadas com todo o rigor. Límpido, cor granada, apresenta no nariz um perfil aromático intenso, sugerindo frutos maduros, com suaves notas de madeira, e sugestões de especiarias. No palato mostra-se encorpado e bem equilibrado, com taninos robustos e acidez bem combinada, terminando com final longo e elegante.


Paço dos Infantes – Herdade da Lisboa

Paço dos Infantes Branco 2015


Produzido a partir das castas Antão Vaz e Viognier, de cor verde aloirada, tem aroma a flores brancas e casca de tangerina. Na boca é intenso e volumoso, com notas de pêra e damasco.

Convés Tinto 2015


Produzido a partir das castas Merlot, Cabernet Sauvignon e Syrah, apresenta cor rubi e tem aroma a frutos vermelhos com notas de cereja, mel e avelã. Na boca, algumas notas de pimento vermelho maduro, com taninos finos e elegantes.


Quinta do Quetzal

Guadalupe Winemaker’s Selection Branco 2016

Feito a partir da casta Antão Vaz, o vinho mostra uma cor citrina e aroma complexo onde se misturam notas de fruta tropical com as notas de madeira onde fermentou. Na boca, a esta complexidade, junta-se uma frescura agradável, que prolonga o prazer da sua degustação.

Quetzal Cabernet Sauvignon 2012

Monocasta, feito a partir da casta Cabernet Sauvignon, de cor granada, com notas de fruta negra e especiarias. Muito elegante e com sabor ligeiro a madeira. Na boca, mantém-se estruturado com notas frescas e taninos longos e sedosos.


Sobre a Vidigueira Winelands

A Vidigueira Winelands é uma associação e uma marca que nasce da firme disposição de cinco produtores vínicos da região em criar um projeto conjunto de promoção dos seus produtos e da sua região, de forma a aumentar a notoriedade de ambos, quer a nível nacional, quer a nível internacional.

Os produtores que integram a VWL são: ‘Adega Cooperativa de Vidigueira Cuba e Alvito’, ‘Casa Agrícola HMR – Herdade do Monte da Ribeira’, ‘Herdade Grande’, ‘Paço dos Infantes - Herdade da Lisboa’, ‘Quinta do Quetzal’ e a Câmara Municipal de Vidigueira, como sócio honorário, que se propõem a contribuir para o desenvolvimento socioeconómico do concelho. Um trunfo precioso da Vidigueira e que se pretende estimular quer nacional, quer internacionalmente é o terroir desta região, que marca de forma única e indelével os néctares ali produzidos.

Recentemente, foi inaugurado o Information Center, que é o ponto de partida da Rota dos Vinhos, com sinalética própria, onde os turistas podem obter todas as informações sobre as inúmeras ofertas enoturísticas, gastronómicas, culturais e paisagísticas do concelho. A Vidigueira, torna-se assim, o local ideal para desfrutar de um fantástico dia recheado de experiências únicas.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Tertúlia de Queijos da Fromagerie Portuguesa na Enoteca 17•56

A Adega de Palmela aposta em ativação de marca

Symington Family Estates atribui bolsas de estudos a alunos da UTAD