Ilha - o novo vinho da Madeira que não é vinho Madeira


Um projecto de paixão, de uma jovem enóloga, natural da Madeira, que conseguiu um feito notável: 
fazer uma trilogia de vinhos a partir de uma única casta, a Tinta Negra, uma casta meio desprezada na Madeira. 

A Diana passou a primeira década da sua vida profissional a fazer vinhos para outros, até perceber que queria mesmo marcar a diferença e criar algo muito diferente. Apostou tudo em vinhas em S. Vicente, e conseguiu fazer uma produção pequena, de nicho. 

O resultado são vinhos de perfil muito diferenciado e elegantes - um rosé rubro, super diferenciado ou um tinto com apenas 11,5 º. 

Uma coisa é certa: ficam na memória... 

Apresentação: dia 18, às 19h, na Garrafeira Nacional, em Lisboa (R. de Santa Justa, n 18).

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Eis os 10 restaurantes com a Melhor Carta e Serviço de Vinhos em Portugal

O pódio da gastronomia mundial num jantar inédito

Holy Water - "think outside the box"