Stairwell alia a essência do vinho à gastronomia criativa


Chegou ao Chiado o novo restaurante do grupo Porto Santa Maria, o Stairwell, que abriu em junho. Caracterizado como um Wine Bar & Creative Food, o Stairwell nasce da vontade de aliar a essência da casa-mãe, que conta já 71 anos, em matéria vínica, a uma nova filosofia criativa na cozinha. Num local cosmopolita como o Chiado, o Stairwell quer ser um espaço que serve gastronomia de qualidade, onde o vinho ocupa um lugar de eleição.

A matriz vínica do Porto de Santa Maria foi um dos pontos de partida para a carta. Os sabores são muitas vezes aromatizados com vinhos especiais, escolhidos por José Peixoto, um dos melhores “sommeliers” de Portugal, de uma carta onde figuram 130 vinhos portugueses, de norte a sul do país. O chef, Gonçalo Caratão, é o rosto da mudança e da juventude que o novo espaço quer imprimir. O antigo sous-chef de Miguel Laffan acumulou anos de experiência na Dinamarca, em restaurantes como o Gemyse, o Hotel D’ Angleterre ou o Marchal (1 estrela Michelin), todos em Copenhaga, e criou de raíz uma carta em que a modernidade e a inventividade se aliam à qualidade, com uma influência do norte da Europa. Os sabores fumados, os pickles, combinações invulgares e formas de confecção menos conhecidas são alguns dos trunfos que Caratão traz na manga, fruto da sua experiência nórdica.

Legumes, caviar e carne serão três elementos comuns na carta do Stairwell. Há peixe e carne entre os pratos de assinatura, que passam pela garoupa com migas de coentros e berbigão, as bolinhas de alheira, o arroz de pato, ou o grão negro e as gambas ‘à guillo’ que o Porto de Santa Maria celebrizou. 

O espaço serve apenas jantares, mas abre a partir das 16h, para promover a “happy hour” e permitir usufruír de uma das assinaturas do Stairwell: o vinho a copo. Nesta carta especializada, há pérolas tão interessantes como Pêra Manca ou Casa Ferreirinha a copo. 

O Stairwell disponibiliza ainda seis ‘workshops’, as “Experiências Portuguesas”, que aliam o requinte da alta cozinha à prova de vinhos ou azeites nacionais. É possível usufruir do “Menu de Degustação Criativa”, que contempla cinco momentos de degustação gastronómica, do “Vinhos e Azeites de Portugal”, uma viagem por 3 azeites e 3 vinhos de regiões diferentes, ou do “Espumantes em Portugal”, uma experiência sensorial pelos vários sabores e métodos de produção dos nossos espumantes.

Também é possível fazer “Uma Caminhada do Vinho no Tempo”, uma viagem temporal através do vinho, ou “O Mapa Vínico de Portugal”, que percorre o país de norte a sul, ilhas incluídas, para dar a conhecer as várias regiões do vinho. Finalmente, a última experiência é dedicada ao “Porto, o Vinho do Rio Douro”, com uma degustação de vários tipos deste vinho fortificado, naquela que é a primeira e mais antiga região demarcada de vinhos do mundo.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Inscrições abertas para o Trilho das Vinhas

Adega Mayor convida a Vindimar

Bye Bye Summer Wine & Beer Party