Chef Jorge Fernandes entre os melhores de Portugal


Jorge Fernandes, o Chef Executivo do Iberostar Lisboa, acaba de ser considerado um dos melhores chefs de Portugal, depois de arrecadar o terceiro lugar no prestigiado concurso Chefe Cozinheiro do Ano na Final Nacional e de vencer a etapa especial dedicada ao bacalhau na Noruega.

Promovido pelas Edições do Gosto desde 1990, esta competição coloca frente-a-frente os mais reconhecidos e promissores chefs nacionais em vários desafios culinários distribuídos por diversas fases de apuramento regional e etapas especiais. As decisões são tomadas por um painel de jurados de excelência, composto por aclamados chefs, críticos e jornalistas, sendo que, nesta 29.ª edição, foi liderada pelo Chef Nuno Mendes.

A etapa especial deste ano decorreu na localidade de Aalesund, na Noruega, e deu palco a um dos mais importantes produtos da gastronomia portuguesa, o bacalhau, num desafio que convidou os finalistas a desenvolver um amuse-bouche único que prestasse a justa homenagem ao rei da cozinha nacional. Com uma reinterpretação do bacalhau à Brás a que chamou “O Bacalhau, a batata e a gema”, Jorge Fernandes foi o grande vencedor da etapa, afirmando-se como um dos mais dedicados chefs portugueses na preparação deste típico e delicioso ingrediente.

A fase final decorreu no Mercado de Arroios num verdadeiro espetáculo aberto ao público: os seis chefs finalistas – Jorge Fernandes do Iberostar Lisboa, Carlos Gonçalves do Corinthia Lisbon Hotel, Fernando Cardoso do Altis Belém Hotel & Spa, Pedro Pinto do Vila Vita Parc, Tony Martins do Douro Palace Hotel Resort & Spa e Vítor Adão do 100 Maneiras – prepararam um menu completo composto por entrada, prato de peixe, prato de carne, prato tradicional e sobremesa. Após 6h e 40 minutos de confeção, o Chef Executivo do Iberostar apresentou uma ementa ímpar coroada com o terceiro lugar, começando pela “Cavala e o bacalhau”, seguindo-se uma interpretação do “Mar Português”, uma criação de “Porco” e um intemporal “Arroz de Cabidela”, terminando com a deliciosa “Laranja, abóbora e o chocolate”.


Confirmando uma carreira de inúmeros prémios nacionais e internacionais, Jorge Fernandes é um dos mais experientes chefs do panorama português, contando um percurso de referência pelas cozinhas do Hotel InterContinental do Estoril, do Hotel Four Seasons Resort Provence no sul de França, bem como do Hotel Ritz Four Seasons e do Hotel Olissipo Lapa Palace, ambos em Lisboa.

“É um orgulho enorme poder contar com o Jorge Fernandes na nossa equipa. Este é um galardão que vem elevar o nosso Chef Executivo a um patamar de excelência a que nos tem vindo a habituar no Restaurante Luz e nos restantes serviços e ofertas gastronómicas do hotel. Não podíamos estar mais felizes com este reconhecimento e estamos confiantes de que o futuro será ainda mais brilhante”, refere Inmaculada Muñoz, Diretora do Iberostar Lisboa.

Já Jorge Fernandes, Chef Executivo do Iberostar Lisboa, afirma que “o terceiro lugar neste concurso é uma importante distinção do meu trabalho enquanto chefe cozinheiro e líder da cozinha deste hotel único. O Iberostar Lisboa detém um dos mais bonitos restaurantes do centro da capital e é um grande privilégio poder apresentar as minhas criações num cenário tão sofisticado. Ao fim de cerca de 10 meses de atividade, o balanço da nossa atividade é realmente muito positivo, uma tendência que prevemos que se mantenha no futuro”.

A Iberostar Hotels & Resorts tem vindo a desenvolver uma estratégia e uma oferta gastronómica pensada para os hóspedes nacionais e internacionais, assim como para os clientes locais. No Iberostar Lisboa, a autenticidade da estadia e do destino vive-se também nas opções de restauração que procuram dar aos seus hóspedes e clientes uma experiência mais intensa e completa da capital portuguesa, baseada nos produtos e na culinária local, afirmando-se assim também como um lugar de referência da cultura gastronómica típica.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Os 8 melhores cocktails para beber à esplanada este verão

Bubbles Day celebra champagnes e espumantes portugueses

Abelharuco - o vinho alegre e encantador