A harmonia e elegância de um Vintage

Com uma garrafeira ímpar no setor do Vinho do Porto, Ferreira enriquece agora a sua coleção com o lançamento do extraordinário Ferreira Vintage 2016. Fruto de uma vindima cuja qualidade não era igualada desde a última declaração de ano clássico em 2011, Ferreira Vintage 2016 apresenta-se com um perfil elegante, complexo e harmonioso, perfeito para envelhecer em garrafa por longos anos e escrever uma nova página na história da mais emblemática categoria de Vinho do Porto.

Luís Sottomayor, o enólogo que assina este Vintage, já antecipara que “os níveis de complexidade, a cor e a estrutura absolutamente excecionais dos vinhos da colheita de 2016, com taninos presentes e perfeitos para evoluírem na garrafa durante muitos anos, resultariam num perfil Vintage, clássico e excecional”. Vinificado a partir de uvas da Quinta do Porto e da Quinta do Caêdo, este Porto Ferreira Vintage 2016 reitera-o, contribuindo para a tradição de excelência de Ferreira e juntando-se aos clássicos que, desde 1815, integram a sua famosa garrafeira.

Perante tão elevada expectativa, a única interrogação é consumi-lo já ou aguardar até ao ano em que deverá alcançar a sua máxima qualidade. “Pode ser consumido de imediato, contudo beneficiará de uma complexidade crescente após um longo estágio em garrafa, o qual poderá prolongar-se por várias décadas”, refere Luís Sottomayor.

Notas de prova: Cor opaca, preta. Aroma de grande complexidade e intensidade, com frutos pretos em passa tais como a ameixa e figo. Revela notas balsâmicas a urze e sous bois, notas de alcaçuz, cacau e chocolate, fruto de uma excelente maturação. Na boca é denso, volumoso, com acidez bem integrada apresentando notas a chocolate de leite com ginja e um final de grande longevidade e complexidade.

Castas: 45% Touriga Franca, 40% Touriga Nacional, 10% Tinta Roriz e 5% Sousão.

O ano de 2016: No final de um inverno seco e ameno, as chuvas começaram e prolongaram-se pela primavera, acompanhadas de períodos de baixas temperaturas. Estes fatores afetaram a floração e contribuíram para o risco de ocorrência de doenças da vinha, especialmente o míldio. O verão foi ameno, com picos de forte calor e noites frias, o que contribuiu para um final de maturação longo e equilibrado, resultando em vinhos de elevada qualidade.

P.V.P. recomendadoindicativo e não vinculativo: 79,50€

Quantidade produzida: 10.000 garrafas

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Eis os 10 restaurantes com a Melhor Carta e Serviço de Vinhos em Portugal

O pódio da gastronomia mundial num jantar inédito

Holy Water - "think outside the box"