Rossio tem carta renovada focada nos sabores tradicionais

Há novidades no Restaurante Rossio no Hotel Altis Avenida: o chef João Correia preparou um novo menu, onde trabalha os produtos da época e — a sua especialidade — os sabores tradicionais. Variada, aprazível e muito portuguesa, segue-se a oferta gastronómica do Rossio, para os próximos meses! 


João Correia, chef executivo e responsável máximo pelas novidades, prepara-nos para o que aí vem: “A essência do restaurante e a nossa filosofia mantêm-se: agarrar no que é tradicional (sejam pratos, sabores ou ingredientes) e representá-los com uma nova textura, que pode ser meramente visual ou também gustativa”. Tendo como ponto de partida a sazonalidade dos produtos e dos sabores, o cozinheiro e a sua equipa foram criando pratos que consideram ser apropriados para os dias mais frios, e reforçaram a atenção “à proveniência do produto”, juntando-se cada vez mais a “produtores mais pequenos”. “Faz toda a diferença percebermos como é que as coisas são feitas, em que condições chegam até nós, como acontece a criação dos animais, o cultivo das plantas…”. E isso sente-se à mesa? “Claro que sim, os pratos deste novo menu são a prova disso mesmo”. Passemos, então, à análise!

Torricado de bacalhau com ovo escalfado, creme de alho e emulsão de salsa

Comecemos pelas Entradas e pelos estaladiços Peixinhos da Horta com ratatouille de legumes, compota e ervas (11€), que deixam espaço ainda para provar o Torricado de bacalhau com ovo escalfado, creme de alho e emulsão de salsa (12€), tradicionalmente alentejano e equilibrado o suficiente para o início da refeição. Nas novas entradas há ainda Rosbife, rúcula, cornichons, salsa frita e vinagrete de mostarda (15€) e Pêra bêbeda com queijo de Azeitão no interior e porco preto (13€), acompanhado por uma salada de acelgas e avelãs. 

Creme de marisco com sapateira, camarão e ovas

Nas Sopas e Cremes, o Creme de Marisco com sapateira, camarão e ovas (11€) junta-se ao Creme de cogumelos, com cogumelos recheados com salsa (6€). Sobre a primazia do cogumelo, João Correia também tem algo a dizer. “Quisemos pensá-lo de uma forma diferente, como elemento de destaque”, o que acontece não só nesta sopa como em alguns pratos que veremos mais à frente. “Além disso, trabalhamos com cogumelos de produção totalmente biológica que têm tudo para brilhar”, esclarece o chef.

Passemos às Saladas, onde encontramos três bons motivos para poder dizer sem culpa “Apetecia-me mesmo era uma saladinha”: a de Dióspiro (aqui mais em geleia), queijo azul e frutos secos (11€), a de Tâmaras secas com espinafre fresco e crocantes de bacon (12€) e a de Legumes chineses e molho de ostra (9€), mais oriental, quente e intensa.

Corvina com xarém de fragateira e lingueirão e cebolinhas avinagradas

Pregado com lombo enguitado de porco preto, puré de ervilhas e tostas

Enquanto criava os novos pratos, o chef quis “procurar a essência dos produtos, compreender e tratar da melhor forma cada ingrediente”, enquanto tentava ir ao encontro do melhor de várias regiões do país. No que toca a peixes, o Polvo frito com arroz de malandro de feijão e coentros (21€) é um dos exemplos mais claros de sabores tradicionais com uma estética diferente, de que falávamos em cima. Há também Corvina com xarém de fragateira e lingueirão e cebolinhas avinagradas (28€), e Garoupa corada e abafada em vinho rosé (23€), servida com castanhas, couve grelhada no azeite da fritura da garoupa e, lá está, cogumelos pleurottes assados. Para além destes, fazem ainda parte do menu a Massada de camarão e peixes (19€), que vem para a mesa num tachinho, mas é depois servida num prato com um ramalhete de ervas frescas, e o Pregado de lombo enguitado de porco preto (27€), com puré de ervilhas, um daqueles pratos que nos faz agradecer o regresso do tempo frio.

Magret de pato com especiarias torradas, risotto de beterraba e espinafres

O Magret de pato com especiarias torradas, risotto de beterraba e espinafres (22€) assegura a continuidade dos risottos na carta do Rossio e, ainda nas Carnes, há mais: Leitão com puré de couves-flor, bróculos, capuchinhas e aromas de trufa (21€) e Bochecha de porco preto estufada com legumes assados e crocante de salsifi (19€). João Correia incluiu ainda um petisco de caça, o Coelho corado com estufadinho de feijocas, couve de Bruxelas, cacholeira de porco preto e broa de milho grelhada (25€), uma forma de “voltar a dar alguma atenção ao coelho, que tem perdido espaço nas mesas dos restaurantes". Neste caso, o chef decidiu "trabalhar as várias partes do animal e reinventar a apresentação e o acompanhamento…”. Há ainda a Vitela de leite com gratin de marmelos assados (exacto, a substituírem as habituais batatas), compota de marmelo, cardomomo, esparregado de salsa e tomates assados (27€).

Creme brulée de fava tonka com framboesas recheadas

Farófia em ninho de ovos, com amêndoa torrada e gelado de amêndoa amarga

Quanto a Sobremesas há cinco formas diferentes de terminar a refeição, todas elas doces e com sabores que nos são próximos: Suspiros de café, crumble de limão, creme inglês e gelado de baunilha (9€), Cornetos de nata cremosa e toffee de caramelo salgado (7€), Creme Brulée de fava tonka com framboesas recheadas (6€), Chocolate quente com chantilly, marshmalows e crocantes de cacau (5€) e Farófia em ninho de ovos, com amêndoa torrada e gelado de amêndoa amarga (8€), a mais doce criação de João Correia até ao momento.

A nova carta já começou a ser servida e permanecerá no Restaurante Rossio até meados de 2018, quando voltar o tempo quente. Até lá, muitas são as razões para acorrer ao sétimo andar do Altis Avenida e conhecer melhor estes sabores portugueses, enaltecidos pela técnica do chef, num ambiente caloroso que nos faz sempre sentir em casa!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Essência do Vinho assinala 15 anos

13 medalhas para vinhos portugueses exclusivos do Lidl

O lado místico da Tapada das Lebres de Arraiolos