CNN define vinho português como o mais excitante*


O que é que Arinto, Baga, Castelão, Alfrocheiro, Rabigato, Códega do Larinho e Esgana-Cão têm em comum? A pergunta é lançada pelo especialista em vinhos da CNN num artigo cheio de elogios aos vinhos portugueses. Ray Isle, o editor executivo da CNN da secção Food & Wine (Alimentação e Vinhos) descreve Portugal como o vencedor "do prémio para o país vinícola mais excitante do mundo sobre o qual os EUA não sabem o suficiente", depois de dar ao seu artigo o título "O vinho mais excitente que não está a beber".

Realçando que Portugal é produtor de vinho há, pelo menos, uns milhares de anos, o especialista anuncia aos norte-americanos que há mais do que o Vinho Verde, o Vinho do Porto ou o Mateus. "Há vinhos espetaculares a serem produzidos de norte a sul deste país, brancos e tintos", garante, antes de passar a enumerar as suas escolhas: do Alentejo, o João Portugal Ramos Vila Santa Reserva de 2010 e o João Portugal Ramos Vila Santa Loios branco de 2012; Do Douro o Tons de Duorum branco de 2012 e o Prazo de Roriz de 2011 tinto; Do Dão, o Casa de Mouraz Elfa de 2010 e o Álvaro Castro Dão tinto de 2009; E, para termininar, os verdes Soalheiro Primeiras Vinhas Alvarinho de 2012 e Anselmo Mendes Contacto de 2012.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Um novo patamar de alta gastronomia

Symington sugere cinco presentes

Foz Torto lança novas colheitas