China - um mercado em crescimento


Depois de aqui e aqui termos alertado para o crescimento da China enquanto produtor de vinhos, a recente abertura de um Museu do Vinho na cidade de Qingdao, comprova o interesse da nação chinesa no negócio dos vinhos. A obra de que falamos, constitui-se como o maior museu de vinhos na China, com cerca de 5.000 visitas em menos de 2 semanas. Este edifício tem cerca de 8.800 m2, com áreas destinadas à história do vinho, ao processo produtivo e ao conhecimento dos mais importantes produtores mundiais. Cerca de 17 países produtores e 3.000 vinhos estão á disposição dos consumidores chineses.

Outro dos sinais de que a economia do vinho na China está bem viva, prende-se com o facto de começarem a aparecer vinhos locais, em concursos internacionais, nomeadamente na Europa. Uma prova de que a produção de vinhos na China continua a crescer, também com preocupações ao nível qualitativo.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Eis os 10 restaurantes com a Melhor Carta e Serviço de Vinhos em Portugal

O pódio da gastronomia mundial num jantar inédito

Semana da Cozinha Italiana no Mundo passa por Portugal