Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2009

Parabéns Mafalda (e Diogo) !

Imagem
A “Implementação de um Plano de Marketing” é o tema do seminário que se realiza no próximo sábado, às 10h00, na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (sedeada em Ponte de Lima) - no âmbito da Pós-Graduação em Marketing de Vinhos - e será ministrado por Mafalda Teixeira Coelho, da Quinta da Raza, produtora vinícola.

Mafalda Teixeira Coelho integrou a 1.ª Edição da Pós-Graduação em Marketing de Vinhos, e, nessa qualidade, dará também testemunho da relevância que esta acção formativa teve na implementação das estratégias de desenvolvimento actuais e futuras da Quinta da Raza.

Recorde-se que Mafalda Teixeira Coelho, após a sua frequência do curso de Pós-Graduação em Marketing de Vinhos, no qual recebeu a distinção de melhor aluna, foi posteriormente alvo de atenção por parte da Imprensa nacional, quer para várias entrevistas e reportagens na TV e na rádio, por ter abandonado a sua actividade profissional de docente para se dedicar à produção vitivinícola.

A com…

Qual o seu "WineID" ?

Imagem
Já é possível determinar qual o seu perfil de consumo, em relação aos vinhos. De forma acessível, divertida e bastante inovadora. O site 94Wines permite-lhe através de um simples questionário determinar o seu perfil em relação aos aromas preferidos num vinho, conseguindo obter no final um conjunto de vinhos, que poderá adquirir online, que corresponderão às suas escolhas.

A originalidade da oferta, resulta do facto de todos os vinhos serem numerados e com garrafas de várias cores, correspondendo cada uma delas a um determinado lote, que resulta das escolhas efectuadas no questionário. Os vinhos são todos franceses, mas a embalagem apenas tem a cor e o número.

Como curiosidade, ficamos a saber que o vinho mais vendido, é o nº 52, um vinho tinto, com a garrafa cinzenta. Cada vinho contém ainda a respectiva nota de prova, castas e a região de proveniência.

Visitem, vão ver que não se arrependem !

Diversidade - O Caminho

Imagem
Hoje decidi partilhar uma frase, que me ficou na retina, ao ler a Revista de Vinhos de Novembro. O autor é Antero Martins, investigador e professor do ISA (Instituto Sup. de Agronomia, da área de Genética Quantitativa e Melhoramento de Plantas, e a entrevista aborda a temática das castas portuguesas.

Penso que nenhum marketeer o diria melhor. Leiam com atenção:

"A Diversidade é um valor, a igualdade é horrível, é pérfida; igualdade só em oportunidades" in RV - Novembro 2009

Se a diversidade potencia a diferenciação, porque não seguir este concelho

Pé de Vinho - Um projecto inovador

Imagem
Porque as ideias inovadoras e os projectos de qualidade merecem ser reconhecidos, apresentamos hoje o Pé de Vinho. Baseado num conceito distinto de enoturismo, o Pé de Vinho, tem como princípio, a oferta de serviços/produtos ao público, baseado numa experiência in loco, e com uma vertente emocional.

Esta ideia de negócio surge da vontade colectiva de um grupo de 3 amigos e 4 produtores que pensaram em erigir um projecto que fosse realmente diferente dos já existentes. Deste modo o Pé de Vinho tem como grande ambição promover o vinho e a vitivinicultura nacionais e aproximar a realidade laboral ao lazer.

No site www.pedevinho.com é possível adquirir um pack que permite ao cliente adquirir e apadrinhar uma planta nas vinhas dos produtores associados e acompanhar a sua evolução até à garrafa numa área pessoal on line. Este acompanhamento é completado com uma visita (ou várias) à propriedade e adega, um livro de notas - Pé de Gosto, e uma caixa de 6 garrafas da vindima a acompanhar, com rót…

Quanto valem as notas de prova ?

Imagem
Uma questão pertinente levantada pelo Wine Conversation, e que merece ser abordada.

As notas de prova devem estar disponíveis gratuitamente ?
Com a proliferação das Redes Sociais e blogs sobre vinhos, estão cada vez mais disponíveis, com análises independentes, e gratuitamente cedidas aos cibernautas.

A rede social Adegga é o exemplo máximo, de opiniões independentes e gratuitas.


Será ético receber dinheiro para divulgar notas de prova ?
Uma questão sensível, mas que é uma realidade. Há sites que só divulgam as notas de provas dos vinhos, através de um acesso/assinatura paga. Não sendo condenável nem ilegal, é no mínimo discutível.

Qual o peso/valor que uma nota de prova tem nas vendas de determinado vinho ?
Um aspecto dificilmente mensurável, que alguns tendem a valorizar em demasia, e outros a desvalorizar completamente. Penso que é um factor que ainda tem uma certa importância, não só para os consumidores, mas também para a comunicação social, principalmente se se trata de uma nota de pro…

Notoriedade de marca/produto

Imagem
Qual é a sua perspectiva face ao mercado português?

"Para mim Portugal tem algo de pessoal, porque é um lugar onde vou quase todos os anos de férias. Gosto do Algarve, gosto das pessoas. Vocês têm imensos campos de golfe, a costa marítima é fantástica, a comida é fantástica, os vinhos são fantásticos - um em particular, o Pape é óptimo! Isto tudo é Portugal."

Eric Loth - responsável da Graham em entrevista à Visão

O Bem e o Mal

Imagem
No seu mais recente livro "Liquid Memory - Why Wine Matters", o polémico Jonathan Nossiter, realizador do célebre filme "Mondovino", traça um cenário trágico para o mundo dos vinhos, declarando que actualmente o vinho retrata uma batalha entre o BEM e o MAL.

De um lado (do MAL) estão as empresas capitalistas do sector, que apenas se preocupam com as vendas, desvirtuando as características diferenciadoras de cada região. Robert Parker e Jancis Robinson e a publicação Wine Spectator também não saem imunes das críticas, sendo acusados de montarem uma verdadeira cabala de interesses.

Do lado do BEM, estão os produtores que contra tudo e contra todos, favorecem o "terroir" e as características próprias das suas regiões, resultando, na perspectiva deste, na produção de vinhos com personalidade, que fogem às modas e tendências que alguns querem impor aos produtores e ao mercado.

Claro que muitos pensarão que Notissier é um personagem dado aos ideais extremistas, e…

Balanço Encontro com os Vinhos 2009

Imagem
Depois de uma extenuante, mas compensadora maratona de 4 dias, em mais um "Encontro com os Vinhos", o balanço parece-me ser muito positivo, quer para os expositores, que para os visitantes.

Do lados dos expositores:
- Boa imagem global (stand e apresentação dos vinhos)
- Comunicação ajustada, muito acessíveis e grande simpatia (e empatia)
- Horários rigorosamente cumpridos
- Companheirismo entre expositores

Do lado dos visitantes:
- Consumidores cada vez mais exigentes e conhecedores
- Ambiente muito bom, sem se tornar elitista
- Número crescente de mulheres e famílias, como público visitante
- Civismo e civilidade notáveis.

A organização também me pareceu muito boa. Sendo assim, esteve tudo óptimo (até prova em contrário), pelo que para o ano há mais...

O vinho certo para o prato certo

Imagem
Para quem tem dificuldade em encontrar o vinho certo para determinado prato, ou vice-versa, o site alemão Aromicon, tornou esta tarefa mais fácil, através de um processo interactivo, que se inicia com a escolha dos aromas preferidos, e que finaliza com a indicação do vinho mais adequado. Um site curioso e inovador, que merece uma visita.

Índia - um mercado emergente

Imagem
A Índia é actualmente um dos mercados emergentes, para o sector do vinho, com maior potencial de crescimento. Apesar da sua estrondosa população, 1.1 biliões, o consumo per capita é ainda bastante reduzido. No entanto, estudos recentes, apontam para um grande crescimento no consumo de vinhos, estimulado pelas políticas governamentais favoráveis, investimento crescente em marketing, a influência cada vez maior da cultura ocidental. O consumo de vinho na Índia, poderá aumentar em cerca de 25% a 30% até 2012 !

Apesar de o número de produtores e vinhos indianos estar também a crescer, são os vinhos importados que maior impacto poderão vir a ter nesta nova tendência. Contudo são os vinhos mais baratos, locais e associados a baixa qualidade que ainda dominam as vendas no mercado interno.

A força e notoriedade da marca, seja ela individual ou associada a um país de referência, serão trunfos para conquistar os novos consumidores indianos.

Saberemos chegar a tempo ?

Falar verdade

Imagem
Muitos produtores continuam convictamente, ou não, a pensar que produzem os melhores vinhos do mundo. Como consequência desta postura, tentam fazer passar esta mensagem para o consumidor, na tentativa de o ludibriar. Acontece que o nível de exigência, associado à informação e conhecimento que este tem, e que consegue facilmente obter, torna essa falaciosa tarefa, numa tentativa condenada, na maioria das vezes, ao fracasso.

Vem isto a propósito após Michael E. Duffy, no seu blog, ter chamado à atenção para um texto em forma de manifesto/missão, que a "A Donkey and Goat Winery" colocou no seu blog, e que merece ser lido com atenção, uma vez que revela uma sinceridade e um respeito pelos consumidores, que muitos classificariam como "um tiro no pé".

Quando se sabe que muitos produtores não beberiam o próprio vinho que produzem, a sinceridade e a forma como souberem transmitir o modo com criam os seus vinhos, e o porquê de o fazerem de determinada maneira, pode ao invés, …

Feiras de vinhos - porquê participar ?

Imagem
Uma feira de vinhos, na óptica do expositor/produtor, constitui-se como uma oportunidade única para contactar com um leque alargado de pessoas. Uma verdadeira ferramenta de marketing e comunicação, que permite num curto espaço de tempo explorar uma série de oportunidades. De forma resumida tocamos nalguns pontos fundamentais, que determinam a importância de estar presente:

1- Oportunidades de negócio
2- Pesquisa de Mercado / Concorrência / Tendências
3- Contacto com agentes económicos desde a Produção até Distribuição
4- Lançamentos de vinhos ou(e) possibilidade de testar novos vinhos/projectos
5- Contacto com consumidor final e Meios de Comunicação Social


Além destes pontos importantes, e de outros que poderiam ser referidos, importa acrescentar que os negócios de sucesso são construídos com relações entre pessoas, e que a forma como os representantes das empresas nos stands agem perante o público, são determinantes para a construção de uma imagem positiva perante os consumidores.

...afinal havia outra(o)

Imagem
Vinho Amália, lançado pela Herdade das Servas e Fundação Amália Rodrigues, uma homenagem à eterna fadista.

Vina Amalia, designação da empresa produtora, sediada na Argentina, perto da cidade de Mendoza.

Dois conceitos, duas realidades distintas, a coincidência de um nome.

Porque não descobrir os dois...

Diferenciação pela Preservação

Imagem
Ao ler o editorial da autoria de Luís Ramos Lopes, na Revista de Vinhos (Outubro), que se intitula "O Elogio da Diferença", ocorreu-me a declaração expressa na Revista Wine, e também numa palestra na CVRD, em que tive a oportunidade de estar presente, do jornalista norte-americano Paul White, que considera existir um potencial muito interessante, e uma oportunidade de mercado, para os vinhos provenientes de vinhas velhas, co-fermentados com várias castas.

Num mercado a transbordar de vinhos e marcas, a única via possível para afirmar uma marca no mercado, passa pela diferenciação do produto (no seu todo). Deste modo tanto Luís Ramos Lopes, como Paul White têm toda a razão. De acordo com Luís Ramos Lopes "outro caminho para chegar à diferença, ainda mais raro entre nós, é fazer o que já ninguém faz". Esta declaração vem de encontro à necessidade expressa por Paul White de preservar as vinhas antigas, tão características de Portugal, em que a variedade de castas (algu…

Há quem se aproveite da crise...e bem !

Imagem
Falar da Niepoort, ou do seu principal responsável, Dirk, é uma trivialidade para os amantes de vinho, tal é a qualidade inquestionável dos seus vinhos, e o carácter inovador e até provocador com que os faz. Acontece que Dirk não é apenas bom em relação á qualidade intrínseca dos seus vinhos. A imagem dos seus vinhos, e consequentemente os seus rótulos são de uma originalidade assinalável. Observem o rótulo que aqui deixo, e vejam o comentário de um possível comprador, retirado do site da Garrafeira Nacional. Não é preciso dizer mais nada, pois não...



Carlos Costa [2009-08-08 18:40:31]
Só pelo rótulo vale a pena. Nota 4 para o vinho, nota 5 para o rótulo