Tinto Monsaraz 2007 da Carmim eleito Sabor do Ano


O vinho tinto Monsaraz 2007, da Carmim, foi eleito Sabor do Ano 2009, de acordo com a escolha dos consumidores portugueses.

Fruto de um painel de provas que englobou 8.150 consumidores que realizaram no ano passado degustações cegas aos produtos concorrentes ao troféu Sabor do Ano, o vinho Monsaraz obteve uma nota média superior aos restantes produtos concorrentes.

O Monsaraz Tinto 2007 é proveniente da junção das castas Trincadeira, Aragonês e Castelão e é fruto de dois lotes que estagiaram em carvalho português e em depósito que lhe doaram uma complexidade pouco “carregada” de madeira.

De cor rubi definida, “o vinho tem aroma complexo a frutos maduros, groselhas e amoras, e a madeira. Na boca revela-se macio, redondo e com suaves taninos, com um final prolongado. Acompanha preferencialmente pratos de carne grelhada ou assada, caça, patês e queijos de cura, devendo ser consumido à temperatura de 16 - 18º C”.

Embora deva ser consumido jovem, o Monsaraz Tinto 2007 pode ser guardado por dois ou três anos, sendo o PVP recomendado de 2,99 euros.

Os prémios “Sabores do Ano”, reconhecidos pelos consumidor pela sua qualidade e excelência de sabor, incluem produtos alimentares de diferentes segmentos, desde pastelaria fresca, charcutaria e salgados, conservas, fruta, a vinhos e bebidas alcoólicas.

As provas são realizadas anualmente sob inteira coordenação da Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa e do Instituto Superior de Agronomia, submetendo os produtos à prova cega (sem conhecerem marca e embalagem do produto) de milhares de consumidores

in "hipersuper"

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Um novo patamar de alta gastronomia

Symington sugere cinco presentes

Lavradores de Feitoria sugere ‘Quinta da Costa das Aguaneiras tinto 2014’