Quinta do Portal investe 4 milhões para criar catedral de vinho do Douro


O novo armazém de estágio e envelhecimento de vinhos da Quinta do Portal foi projectado pelo arquitecto Siza Vieira.

O edifício, que implicou um investimento de 4 milhões de euros, ambiciona o título de “catedral” de vinho do Douro.

O espaço congrega as três actividades da empresa: vinha, vinificação e turismo e deverá ser inaugurado no primeiro trimestre do próximo ano, disse Castro Ribeiro, director-geral da Quinta do Portal, em declarações à Lusa.

A área de implantação do armazém atinge 4.722 metros quadrados. A construção privilegia os materiais usados no Douro, xisto e cortiça, para revestir a estrutura de betão e aço. “A estrutura foi pensada para dar resposta térmica e de climatização” que exigem o estágio e envelhecimento dos vinhos, explicou Gonçalo Campelo, colaborador de Siza Veira.

Um total de 800.000 litros é a capacidade de armazenamento do piso zero. No piso menos um, por sua vez, a armazenagem máxima é de 3.040 barricas.

As vinhas da Quinta do Portal estendem-se por 100 hectares pelos concelhos de Alijó e Sabrosa. A empresa conheceu a luz do dia em 1994 e dedica actividade à produção de vinhos do Porto, Douro, Moscatel e espumantes.

in "briefing"

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Um novo patamar de alta gastronomia

Symington sugere cinco presentes

Foz Torto lança novas colheitas