João Portugal Ramos distinguido como Senhor do Vinho




Vinho


João Portugal Ramos foi distinguido como Senhor do Vinho na 20ª edição dos “óscares do vinhos” como são conhecidos os prémios “Os Melhores do Ano” promovidos anualmente pela Revista de Vinhos.

Distinção maior atribuída anualmente a um produtor / enólogo que se destaque no panorama vitivinícola português, a revista destacou a obra de João Portugal Ramos e a sua relevância para a evolução do sector no nosso país afirmando que  “moldou toda uma nova realidade da viticultura portuguesa (...) e trinta anos depois, continua a sua aventura”.

João Portugal Ramos iniciou a atividade de enólogo em 1980, no Alentejo, como consultor. Rapidamente começa a prestar consultoria para várias adegas da região e, no final da década, planta a primeira vinha em Estremoz. Nunca mais parou. Do Alentejo parte para o Tejo, depois para o Douro e a seguir para a região dos vinhos verdes.

Trinta e muitos anos depois, o enólogo mantém o seu lema defendendo que “raramente um bom vinho é fruto do acaso. A experiência que adquiri ao longo do tempo, como enólogo, leva-me a acreditar que um vinho reflete a natureza da terra que o viu nascer e é a expressão de quem o produz”. 

Hoje é com enorme satisfação que vê reconhecido o seu trabalho por uma das revistas de vinhos mais influentes do país e que muito tem contribuído para a dinamização do sector em Portugal.

Comentários

Mensagens populares