ESTM/IPLeiria e região de vinhos de Lisboa formalizam protocolo de cooperação científica


Lisboa


A Escola Superior de Turismo de Tecnologia do Mar do Politécnico de Leiria (ESTM/IPLeiria) e a Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa acabam de formalizar um protocolo de cooperação técnica e científica que prevê o desenvolvimento de investigação especialmente no âmbito da engenharia alimentar, e a realização de estágios. Para Paulo Almeida, diretor da ESTM/IPLeiria, trata-se de uma oportunidade, «um desafio para colaborar em projetos de criação de novos produtos que resultem do vinho, adicionar valor ao próprio produto, ou até mesmo para colaborar na definição de rotas turísticas para valorizar o património da região ligado ao vinho».

«A Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa é uma das maiores do país, com cerca de meia centena de associados e uma produção assinalável, e isto é sem dúvida uma oportunidade para os nossos estudantes», acrescenta o professor. «As características dos vinhos da região oferecem uma panóplia de potencialidades de colaboração, e com elas queremos contribuir para afirmar mais os vinhos da região de Lisboa».

Comentários