"Trevo da sorte" é imagem da Casa Américo


imagem



imagem


imagem


imagem


A Casa Américo, segundo maior produtor de vinhos do Dão, lançou o desafio à M&A Creative Agency para desenvolver o branding da marca, com estacionário, e criar sete rótulos da gama com o mesmo nome. Um “trevo da sorte” evidenciado nas cantarias das janelas de um solar do século XVIII, adquirido pela família que fundou o projeto, foi a inspiração da equipa criativa, que através desse elemento concebeu o logótipo.

Américo Seabra, fundador da marca, emigrou para os Estados Unidos, mas tinha o sonho de produzir vinho na terra natal, Vila Nova de Tazem. Iniciou a produção e os quatro filhos deram seguimento ao projeto, que recebe o nome Casa Américo, em sua homenagem. A história que envolve a família Seabra e a interpretação criativa que a M&A Creative Agency fez ao detalhe das janelas, retirado da riqueza arquitetónica do solar, consolidou-se, transformando a imagem da marca num trevo.

Da ideia para o papel, a equipa criativa desenvolveu o branding, manual de identidade e respetivo estacionário institucional, onde foram escolhidas cores da realeza, como o azul e o bronze estampado, cruzadas com um tom neutro, o bege. Nos sete rótulos criados para a Casa Américo, dois correspondem a vinhos gama média, três são para vinhos monocasta e os outros dois premium, estando sempre presente o ícone do logótipo – o “trevo da sorte” – com um cortante que o realça e diferencia os vinhos através de cores distintas. Todos têm acabamentos em estampagem e verniz serigráfico.

Os cerca de 100 hectares de vinhas Casa Américo, tendo as mais antigas mais de 100 anos, estão situados na sub-região Serra da Estrela, zona com maior altitude dentro do Dão e um dos terroirs mais importantes desta região vitícola. Foi das castas plantadas a 500 e 600 metros de altitude que nasceu a gama Quinta do Vale, onde está a montanha mais alta de Portugal continental. A Casa Américo também escolheu a M&A Creative Agency para criar os rótulos que vestem as três garrafas destes vinhos genuínos e que refletem o caráter e elegância do Dão.

A equipa de design focou na Serra da Estrela, dando destaque à maior cadeia de montanhas de Portugal continental e à imensidão dos seus imponentes vales, marcados pelo branco dos gelos glaciares. O rótulo destaca-se pelos tons dourado e branco, em analogia à Serra da Estrela. Além da estampagem a ouro e verniz serigráfico, nos acabamentos, tanto as montanhas como o vale estão representados através de um cunho de alto relevo.

Comentários

Mensagens populares