"Polvo da Pedra à Esposende" identifica a gastronomia do Concelho



O Município de Esposende apresentou, no passado dia 30 de Junho, o Prato Identitário de Esposende “Polvo da Pedra à Esposende”. A apresentação esteve a cargo do Chefe Marco Gomes e do Enófilo José Silva, que conhecem bem a gastronomia do concelho pela participação como júri em várias edições do concurso gastronómico “Março com Sabores do Mar”, e que integraram o grupo de trabalho constituído pelo Município para a escolha do prato identificativo da gastronomia de Esposende.

O Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, considera que “para sermos os melhores temos de criar fatores diferenciadores e marcantes. Demos hoje mais um passo para construirmos essa diferença. A criação de um prato identitário de Esposende foi algo que idealizamos e concretizamos. Estou certo do sucesso do prato que hoje foi apresentado, quer pela endogeneidade dos produtos utilizados na sua confeção, quer pelo contributo de toda a equipa que esteve na base deste projeto, nomeadamente os restaurantes, as escolas e a comunidade piscatória do concelho, representada pela Associação dos Profissionais de Pesca do Concelho de Esposende”.

O edil Esposendense realçou ainda que o prato será um fator promotor da gastronomia, do turismo e consequentemente da economia local, realçando ainda a componente artesanal e da criatividade local na apresentação, daí a utilização da esteira de junco que suporta a taça, decorada com a ilustração de uma artista do concelho, Joana de Rosa.

O chefe Marco Gomes realçou o facto de Esposende se caracterizar por ter uma gastronomia única, tendo à sua disposição produtos de excelência do mar, e do campo, que tornaram o trabalho mais facilitado e explicou a forma como deve ser confecionado e os ingredientes utilizados.

Já o enófilo José Silva apontou como sucesso do projeto os contributos das unidades de restauração do concelho e esclareceu que a escolha do polvo se deveu ao facto de fazer parte da tradição gastronómica portuguesa e de ser um produto fácil de adquirir durante todo o ano.

De referir que a maioria dos restaurantes do concelho oferece pratos de confeção tradicional, utilizando o polvo da pedra. Podemos apreciar, ao longo de toda a costa, uma linha de rochedos, batidos pelo nosso mar forte, ricos em lapas, percebas, camarão e caranguejos, todos eles apreciados pelo polvo, que deles se alimenta. Daí a denominação de polvo da pedra.

Tendo por base uma caldeirada com a utilização da batata, pimento, cenoura, tomate, grelos e outros hortícolas locais, o Polvo da Pedra, a partir de hoje, passará a representar Esposende em termos gastronómicos e a cativar a curiosidade dos visitantes e turistas.

Este prato foi apresentado no Restaurante “Quinta da Barca”, na Barca do Lago, em Gemeses, seguida de almoço de degustação, com a presença de autarcas locais e de personalidades da área da gastronomia e vinhos.

A partir de agora poderemos encontrar e apreciar o mesmo nos 16 restaurantes aderentes.


Comentários

Mensagens populares