Empresa portuguesa cria novo snack em linha com a moda do GIN



Nas suas diversas e exóticas viagens, o casal Nuno e Gabriela Guterre identificaram a inexistência, à escala global, de um snack/aperitivo que potenciasse o prazer dos GIN lovers.Apreciadores de um perfect serve gin e conhecedores dos sabores que com ele melhor se conjugam, criaram os HOT NUTS Original – snacks crocantes de amendoim e arroz torrados no forno e aromatizados com uma conjugação de sabores únicos de diversas latitudes. O sucesso em Portugal é uma realidade. As solicitações dos mais variados mercados, dos Estados Unidos da América aos Emiratos Árabes Unidos, com passagem pela Bélgica, estão a crescer de dia para dia. Vítor Baía dá a cara pelo produto.

«Os HOT NUTS Original representam uma experiência de novos sabores que se distinguem dos de qualquer outro snack», revela o empresário Nuno Guterre, para explicar o êxito do produto, nas áreas gourmet, na restauração, na hotelaria, nos espaços nocturnos, em eventos empresariais e até mesmo em casa, já que estão à venda também no El Cort Inglês.

A par do sabor único, a marca aposta também em embalagens específicas para cada um destes segmentos. Um pacote individual, de 80gr, com membrana de conservação e de abertura fácil, por exemplo, está a ter um elevado grau de aceitação nas mais prestigiadas cadeias hoteleiras internacionais, que não dispensam o produto no serviço de mini bar dos quartos.

Em vários mercados, sobretudo em eventos de tasting, a imagem do produto está associada a promotoras que usam uma máscara dourada, que evoca os folguedos venezianos enquanto símbolo de um hedonismo acessível a todos. É assim que se apresentam os HOT NUTS: um prazer para acompanhar bebidas premium. Nuno e Gabriela Guterre estão a lançar já a nova geração de HOT NUTS: os snacks estudados para combinarem na perfeição com as melhores cervejas mundiais.

No primeiro ano de comercialização global, em 2014, a LíderPartner, empresa que produz os HOT NUTS, facturou 150 mil euros. Em 2015, estima um crescimento superior a 600%, com o volume de negócios a ultrapassar 1 milhão de euros.

Comentários

Mensagens populares