IVDP junta provadores das várias regiões vitivinícolas


Num contexto de valorização do trabalho em rede, o Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto I.P. (IVDP) promove o I Encontro de Câmara de Provadores, afirmando o papel das 14 entidades certificadoras das regiões vitivinícolas portuguesas no fortalecimento da qualidade e imagem dos seus  vinhos. A iniciativa decorre amanhã, 30 de junho, no IVDP, no Porto, entre as 10h00 e as 17h00. A ação pretende ser um impulso à inovação através da partilha de informação entre os provadores das diferentes regiões, responsáveis pela garantia da qualidade dos vinhos colocados no mercado.

Para o presidente do IVDP, “a forte aposta na formação e capacitação das equipas das câmaras de provadores asseguram avaliações exigentes e contribuem para um aumento qualitativos dos vinhos portugueses. A valorização das denominações de origem e o reconhecimento nacional e internacional dos vinhos portugueses, em particular dos vinhos da Região Demarcada do Douro, estão fortemente associados ao trabalho dos provadores", acrescenta Manuel de Novaes Cabral.

Neste primeiro encontro, que terá como temas a acreditação, a formação e a qualidade, serão oradores Bento Amaral e Manuel Lima, do IVDP, Luís Cerdeira, da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, e Luís Pedro Amorim da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana.

É na câmara de provadores que é realizada a análise sensorial dos vinhos para efeitos de certificação das denominações de origem ou fiscalização.

No IVDP são provados uma média de 7 mil vinhos por ano, por um conjunto de 14 provadores. Foi a primeira câmara a ser acreditada a nível mundial.

Comentários