Vinhos Bairrada “no sentido dos sentidos” do ‘Peixe em Lisboa’ e do ‘Sangue na Guelra’


Lisboa vai ser palco de dois importantes eventos (eno)gastronómicos: o festival ‘Peixe em Lisboa’, de 09 a 19 de Abril, e o ‘Sangue na Guelra -Young Chefs With Guts’, nos dias 11, 12 e 13. Duas celebrações em que o peixe e o marisco vão ser reis! Porque um casamento feliz junta à mesa comida e bebida, nada melhor que ombrear o palato dos presentes com vinhos e espumantes da Bairrada. É essa a proposta da Comissão Vitivinícola e da Rota da Bairrada que, durante dez dias, vão rumar à capital para levar a região “no sentido dos sentidos” (assinatura dos vinhos Bairrada) mais apurados.

Durante o 8.º festival ‘Peixe em Lisboa’, que tem lugar no Pátio da Galé, no Terreiro do Paço, são mais de 40 os vinhos e espumantes com o selo da Bairrada. A solo ou para harmonizar com as gourmandises disponíveis, o convite é para provar e, se quiser, comprar.

Os espumantes e vinhos da Bairrada foram eleitos para abrir as hostes e o apetite nos dois jantares da 3.ª edição do ‘Sangue na Guelra - Young Chefs with Guts’. Momentos gastronómicos “efervescentemente” criados por jovens chefs vindos de alguns dos melhores restaurantes do mundo e que vão acontecer na 1300 Taberna (LX Factory), do Chef Nuno Barros, nos dias 12 e 13 de Abril. Os espumantes da região vão marcar presença exclusiva nos cocktails, podendo ser bebidos “ao natural” ou em irreverentes propostas criadas pelo barman Paulo Gomes. Os néctares da Bairrada vão ainda mostrar-se no desenrolar das refeições.

O primeiro jantar junta Oswaldo Oliva – ex-chefe executivo do Mugaritz, o restaurante de San Sebastián que está em sexto lugar na lista dos melhores do mundo e tem duas estrelas Michelin –, Rafa Costa e Silva – do recentemente estrelado Lasai, no Rio de Janeiro –, Ricardo Chaneton – do francês Mirazur em Menton, com duas estrelas e 11.º na lista dos melhores – e Márcio Baltasar – pasteleiro do restaurante do Areias do Seixo, em Santa Cruz. No dia seguinte é a vez de William Smith, sous-chef do Geranium, em Copenhaga (duas estrelas); Sebastian Meyers, do Chiltern Fire House, restaurante londrino do português Nuno Mendes; Frederico Ribeiro, sous-chef do Per Se, em Nova Iorque (três estrelas); e Américo Santos, pasteleiro do Belcanto, se juntarem e meterem as garras de fora na confecção de uma paradisíaca refeição. A mestria dos néctares vai estar a cargo dos sommeliers Rodolfo Tristão (Presidente da Associação de Escanções de Portugal), João Chambel (Estado d’Alma) e Nuno Oliveira (Belcanto).

Comentários