Mercado de Vinhos - pequenos produtores unem-se para conquistar o paladar dos portugueses



De 31 de outubro a 2 de novembro, o Campo Pequeno vai acolher o Mercado de Vinhos, um evento que já é uma referência no panorama vitivinícola nacional e que vai reunir mais de 100 produtores portugueses com o objetivo de divulgar produtos nacionais exclusivos e de alta qualidade a preços competitivos. 

Nesta terceira edição, que vai contar com vários workshops e com uma “Taberna do Mercado”, para degustação de vinhos e petiscos ao som de fado e música tradicional portuguesa, são esperados mais de oito mil visitantes. 

“O principal objetivo deste projecto é contribuir para a divulgação, estímulo e sustentabilidade das produções tradicionais que, pela sua reduzida dimensão, têm maior dificuldade em penetrar no circuito comercial das grandes redes de distribuição. Muitos destes vinhos são produzidos com admirável persistência, paixão, engenho e criatividade, representando verdadeiros exemplos de empreendedorismo”, refere Filipe Frazão, responsável pela organização. 

Paralelamente, esta iniciativa é uma oportunidade para os visitantes conhecerem os produtores e os enólogos responsáveis pelos vinhos. 

As regiões presentes no Mercado de Vinhos são: Alentejo (11 produtores), Douro (25 produtores), Dão (13 produtores), Tejo (5 produtores), Bairrada (3 produtores), Península de Setúbal (7 produtores), Lisboa (11 produtores), Vinhos Verdes (4 produtores), Beiras (2 produtores) e Algarve (1 produtor), juntando num só local todo o sabor de Portugal. A par dos vinhos, o mercado apresenta ainda outras novidades, nomeadamente uma seleção de 20 expositores de produtos gourmet portugueses. 

“Este ano estipulámos um desafio maior: para além de evocar os típicos mercados de compra e venda em que o consumidor lida diretamente com o produtor, vamos recriar o próprio espírito da taberna portuguesa tradicional proporcionando aos visitantes uma experiência única”, acrescenta Filipe Frazão. 

A cultura do escanção merece também destaque no Campo Pequeno, com várias apresentações e workshops que prometem fornecer dicas valiosas sobre temas como a escolha do vinho apropriado para cada comida, a seleção apropriada dos copos ou as vantagens e desvantagens da oxigenação ou decantação. Os enófilos vão ter ainda a oportunidade de aprofundar a temática dos vinhos velhos e aprender a técnica de abertura a fogo de garrafas. 

O Mercado de Vinhos tem lugar entre as 11h30 e as 21h30, de 31 de outubro a 2 de novembro. O bilhete de entrada tem um valor de 3€, sendo que 2€ são reversíveis em compras iguais ou superiores a 8€.

Comentários

Mensagens populares