Champanhe e vinhos do Porto e do Douro partilharam ideias e saberes


Trocar experiências e conhecimentos sobre técnicas vitivinícolas, partilhar novidades e acompanhar as linhas de investigação e desenvolvimento da Viticultura e da Enologia foram os objetivos do “Seminário de Viticultura e Enologia”, promovido pelo Grupo Pommery, onde se insere a Rozès, e que se realizou no passado dia 16 de maio no Museu do Douro. “Sendo um dos grupos europeus mais importantes na produção de Champanhe e Vinho do Porto, é importante que as estratégias de produção estejam alinhadas e que, periodicamente, se possa ver o que Portugal e França podem fazer para garantir uma contínua evolução e promoção dos vinhos do grupo junto do consumidor”, afirma António Saraiva, presidente da Rozès.

Conservação e valorização da diversidade das castas autóctones portuguesas, a biodiversidade, a avaliação e a análise do regime hídrico das videiras nas regiões meridionais do Douro e os avanços já realizados pela Rozès nesta área, e as novas abordagens nas fermentações e na propagação das leveduras e sua nutrição, foram alguns dos temas abordados neste encontro que contou com a participação de vários especialistas portugueses e internacionais em agricultura, vinha e enologia. Entre os oradores destacam-se o Prof. Dr. Antero Martins, do Instituto Superior de Agronomia de Lisboa, o Prof. Dr. César Ferreira, da Universidade Católica do Porto, o Prof. Dr. António Palacio, da Universidade de Rioja, entre outros, incluindo alguns parceiros técnicos da Empresa ROZÈS, S.A., como ADVID e PROENOL.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...