Índia - mercado em crescimento e com produção própria


Já em 2008 e 2009, tínhamos aqui abordado o mercado da Índia, e o seu elevado potencial de crescimento. As últimas notícias confirmam as expectativas, e revelam que o número de consumidores cresce cerca de 30% ao ano!!! O que na realidade tem vindo também a mudar, é que os indianos começam agora a desenvolver a sua própria viticultura e a produzir vinhos que se começam a impor no mercado interno. 

Como exemplo, a Moët & Chandon, acaba de lançar um espumante "made in India", o que torna claro não só a importância do mercado, como as potencialidades do mesmo, no que toca à produção de vinhos de qualidade. Outros vinhos, como o "Four Seasons Barrique Reserve", são a prova de que a produção indiana, é para levar a sério. Num mercado cada vez mais aberto à inovação, as influências ocidentais e as parcerias com enólogos e casas de renome, estão a transformar o panorama da viticultura na Índia.

O aparecimento de novas adegas e novos players no mercado indiano, estão a fazer florescer o negócio, se bem que as estratégias de marketing, continuam limitadíssimas, devido às restrições de consumo alcoólico que vigoram naquele país. Elogios aos vinhos indianos, vindos de críticos, como o britânico Steven Spurrier, aumentam a curiosidade por estes vinhos, considerados exóticos, mas que estão a crescer, em quantidade e qualidade.

Comentários