Clandestino - vinho de "garagem"


Talvez não esperássemos ver um vinho do Dão com uma imagem tão arrojada, mas também não se trata de um vinho de "mercado". Falamos de um vinho de "garagem" em que o projecto assenta exactamente num conceito de nicho, de irreverência e que, tal como o nome sugere, num misto de clandestinidade, secretismo e intimidade. O facto de este vinho ser produzido ao longo das décadas apenas para consumo familiar, torna-o algo secreto, longe dos parâmetros adoptados pelas entidades reguladoras do mercado. Uma imagem que congrega tradição com inovação.

Design (e fonte): Somos Estúdio (Espanha e Portugal)

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...