Foster´s corta 37 marcas


A Foster´s anunciou que irá manter o seu negócio de vinho principal, mas irá reduzir os negócios de vinhos e cervejas australianas. A companhia prevê, assim, que o plano custará 60 milhões de dólares australianos (cerca de 30,5 milhões de euros), mas que poupará mais de 100 milhões de dólares australianos por ano a partir de 2010.

Esta decisão foi anunciada na apresentação de resultados, concluindo a companhia que era necessária uma revisão do negócio de vinho que não estava a ter a performance pretendida.

Assim, a Foster´s anunciou a venda de 36 vinhas na Austrália e Califórnia que cobrem cerca de 5.000 hectares, com um valor estimado de 243 milhões de dólares australianos (cerca de 123 milhões de euros).

A companhia anunciou, também, que irá vender ou terminar com 37 marcas que actualmente geram 60 milhões de dólares australianos em vendas e que valem aproximadamente 53 milhões de dólares australianos.

Mas não é só no portfólio que a Foster´s irá mexer. Scott Weiss, que liderou as operações vínicas da companhia nos EUA, após a aquisição da Southcorp em 2005, é uma das “vítimas” destas remodelações, anunciando a companhia que irá nomear novos responsáveis para os mercados dos EUA e Austrália, mas que na Europa, Médio Oriente e África, Peter Jackson manterá o cargo.

“A performance do nosso negócio de vinho não foi satisfatória”, admitiu David Crawford, presidente da Foster´s, adiantando ainda que “em parte, este foi um produto de pobre execução nos EUA”.

in "hipersuper"

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...