Carmim lança novo Branco e renova Tinto


A Carmim acaba de lançar a nova imagem do Reserva Branco 2007 e de renovar o rótulo do Reserva Tinto, informa a empresa em comunicado.
A produtora de Reguengos de Monsaraz adianta que o novo Branco provém das castas Antão Vaz e Arinto e tem um teor alcoólico de 13,0%. A cor é amarelo palha misturado com tons esverdeados e o aroma lembra frutos tropicais, baunilha e notas citrinas. O sabor é volumoso, fresco e permite um final de prova prolongado “onde a fruta e a madeira combinam de forma harmoniosa”.
A Carmim recomenda o consumo imediato ou conservação em regime de estágio a 12ºC e em posição horizontal, durante dois a três anos. Este vinho deve acompanhar pratos de peixe assado ou cozido, designadamente bacalhau.
O Reguengos Reserva Branco 2007 está à venda na Makro e em numerosos restaurantes, garrafeiras e lojas gourmet. Os consumidores alentejanos podem adquiri-lo nas lojas “Castas & Castiços” de Arraiolos, Monsaraz e Reguengos de Monsaraz, além da loja da própria Carmim. O preço de venda recomendado é 3,91 euros.
A empresa anuncia também que o Reguengos Reserva Tinto tem a partir de agora “uma imagem e rótulo mais sofisticado e elegante”.
Este produto apresenta um teor alcoólico de 13ºC, cor rubi e um aroma de especiarias e passas com suaves taninos, o que possibilita um final de prova prolongado. A fermentação alcoólica, que se segue à adição de leveduras seleccionadas, tem lugar à temperatura de 28ºC, durante 8 dias. O processo de maceração recorre à técnica de remontagem temporizada. O período de estágio prolonga-se por 4 anos. O repouso deve fazer-se em posição horizontal, a 12ºC e com 75% de humidade relativa, durante todo o ano, caso não se opte pelo consumo imediato. A degustação pressupõe uma temperatura ambiente de 18ºC e refeições à base de carne de porco, ensopado de borrego ou migas.
A Carmim nasceu em 23 de Novembro de 1962 a partir da constituição por 12 pequenos e médios viticultores da Adega Cooperativa de Reguengos de Monsaraz, CRL, descontentes com os montantes recebidos pelas uvas que escoavam para o mercado. Actualmente, a empresa produz e comercializa uma vasta gama de vinhos regionais e vinhos DOC da região do Alentejo. As instalações estendem-se por 5 hectares divididos em quatro secções: compra e venda (a que se ligam 1000 associados), olivícola (572 associados), ovinícola (113 associados) e vitivinícola (545 associados).
in "hipersuper"

Comentários